Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MARIA INÊS ANTUNES

Nutricionista

MARIA INÊS ANTUNES

Nutricionista

O vício do açúcar é real

por Maria Inês Antunes, em 14.11.17

Mude de atitude, evite o açúcar e comprove os  benefícios.

Vintage by Hemingway Sugar Tin.jpg

 

Pode ser incrivelmente fácil se nos focarmos nas opções saudáveis para o pequeno-almoço, almoço, jantar e, principalmente se nos organizarmos para preparar os snacks dos intervalos da manhã e da tarde.

 

Está presente na nossa alimentação mais do que imaginamos e mais do que o necessário. Colocamos açúcar no café, no leite, no chá, bebemos sumos e/ou refrigerantes com adição de açúcar, consumimos iogurtes e cereais adoçados, fora os já conhecidos chocolates, que muitos de nós gostamos de comer “só um quadradinho” por dia.

 

É fácil ficar dependente do açúcar.

 

O açúcar rápido de ser absorvido a nível intestinal e entra na corrente sanguínea, aumentando a glicémia e provocando um aumento da libertação de insulina. A insulina é libertada, em situação de ausência de doença, e é responsável pelo transporte da glucose da corrente sanguínea para variadas células do corpo. O nosso organismo vê-se obrigado a trabalhar rapidamente quando o ingerimos, provocando um pico inicial acentuado de açúcar no sangue (glicémia) e de seguida uma quebra abrupta da glicémia que faz disparar mecanismos que activam uma região do cérebro envolvida em comportamentos de "vício", que aumentam o apetite e a fome precoce.

A fome precoce é comum em indivíduos com excesso de peso e obesidade, que já são naturalmente mais resistentes à insulina, ficando ainda mais propensos ao ganho de peso. 

 

No caso das crianças, o cenário torna-se mais agressivo. Para além de tudo isto oaçúcar refinado pode levar a dificuldade de concentração e irritabilidade.

 

Mas, e as sobremesas?

Se for consumida na quantidade certa, no momento certo e em situações pontuais, não será de todo preocupante. Mas se podermos fazer algo para a tornar mais saudável, melhor.

No entanto, podemos incluir ou substituir alguns ingredientes de forma a tornarmos a sobremesa saborosa e saudável. Por exemplo:

- abacate

- natas de soja

- bebida de côco, bebida de arroz, bebida de aveia

- farinha integral, de alfarroba, de castanha,  de arroz ou de aveia

-  cacau: 

-  sementes de chia

- bagas e frutos como goji, açaí, cranberries, mirtilos, entre outros

- frutos secos

 

Mudam-se os tempos,

mude as vontades!

 

Vintage Ad - Sugar.jpg

 

 

 

Creme de abóbora do meu livro Sopa, sim!

por Maria Inês Antunes, em 01.11.17

Ontem prometi que vos trazia uma receita de sopa de abóbora, até porque já apetece voltar à sopa quentinha com a temperatura a baixar e o céu enublado. Esta receita que se segue vem direitinha do meu livro Sopa, sim!

 

Maria Inês Costa-243.jpg

 

500 g de abóbora

2 alhos-franceses (sem rama)

1 talo de aipo

20 ml de azeite

Cebolinho q.b.

1 colher (chá) de sal

1 iogurte natural

4 colheres de sobremesa de sementes de abóbora

 

Preparação

Descascar, cortar tudo em pedaços, colocar numa panela com água suficiente para tapar e deixar cozer. Temperar com sal, adicionar o azeite e triturar. Servir com um fio de iogurte natural e polvilhado com cebolinho picado e uma colher de sobremesa por pessoa de sementes de abóbora.

Maria Inês Antunes

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D